ImagemO conceito de cultura digital ou cibercultura sempre é trabalhada de forma diferente entre diversos autores, por exemplo por Pierre Levy existem quatros linhas de estudo e conceito do que seria basicamente; 1. utópica, 2. informativa, 3. antropológica e 4. epistemológica. Vamos analisa cada um deles aparte de tópicos.

1. utópica – o conceito refere-se ao advento de novas mídias e como estas influenciam a sociedade, quem trabalha com este conceito são os autores Andy Hawk e Pierre Levy como foi mencionado.

2. informativa – está relacionado a um conjunto de práticas culturais que permite novas formas de transmitir informação. Exemplos de autores que trabalham em cima deste conhecimento  Margaret Morse e Lev Manovich.

3. antropológica – quando este assunto é postado é sempre levado em conta a história presente. Está relacionado a um conjunto de práticas culturais e estilos de vida gerados pelas  Tecnologias da informação e Comunicação, que correspondem a todas as tecnologias que interferem e mediam os processos informacionais e comunicativos dos seres. Este conceito é trabalhado no modo antropológico pelos autores Arturo Escobar e David Hakken.

4. Epistemológica – Está sempre relacionado a contar sobre a história de novas mídias e pesquisas de cultura de informação. O autor Lev Manovich analisou que a teoria narrativa se refere – se a auto reflexiva da cibercultura que isto sempre impulsionam novas teorias.

 

Bibliografia

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999.

Referência

1. http://pt.wikipedia.org/wiki/Cibercultura.

Teóricos

  • Pierre Levy
  • Andy Hawk
  • Margaret Morse
  • Lev Manovich.
  • Arturo Escobar
  • David Hakken

 

Anúncios